16/01/2015

Eu li: A Evolução de Calpúrnia Tate

 Hoje eu irei falar sobre um livro que comprei depois de visto a resenha da Isabella (blog dela: Maluquice de Garota). Um livro que pode parecer infantil, mas vale muito a pena ser lido.
 A autora é Jacqueline Kelly, que teve seu livro publicado no Brasil em 2014 (que inclusive é o ano em que o li, mais precisamente em dezembro).
 Sinopse: Calpúrnia Virginia Tate tem 11 anos em 1899, quando pergunta o porquê de os gafanhotos amarelos em seu quintal serem tão maiores do que os verdes... Com uma pequena ajuda de seu notoriamente mal-humorado avô, um ávido naturalista, ela descobre que os gafanhotos verdes são mais fáceis de ser vistos contra a grama amarela e, por isso, são mortos antes que possam ficar maiores. Por gostar de explorar a natureza ao seu redor, Callie acaba criando um relacionamento próximo com seu avô enquanto enfrenta os desafios de viver com seis irmãos e se depara com as dificuldades de ser uma garota na virada do século. Em seu livro de estreia, Jacqueline Kelly habilmente traz Callie e sua família para a vida, capturando o crescimento de uma jovem com sensibilidade e humor.
 Minha opinião: Calpúrnia Virgínia Tate tem onze anos e é a única menina entre 7 irmãos. Ela vive com seus pais, irmãos e avô no calor de Fentress, no Texas. Seu avô é uma figura amedrontadora, e não liga muito para os netos, até que um dia Callie Vee, como é carinhosamente chamada pela família, cria coragem e lhe pergunta porque os gafanhotos amarelos são maiores que os verdes. Walter, seu avô, a incita a pensar e procurar a resposta sozinha. Depois que ela descobre, e contra pra ele, uma linda relação entre os dois começa, em busca de espécimes de animais e plantas, e quem sabe descobrir uma nova espécie.
 Callie começa a gostar de ser naturalista com o avô, e começa a querer ser cientista quando crescer. Mas é 1899, e as mulheres tem que aprender a cuidar da casa, e só. Logo ela se vê obrigada a cozinhar, costurar, e chega a ser engraçado seu drama em não querer fazer isso. O que é totalmente compreensível, porque afinal, uma garota não pode ser o que quer pelo simples fato de ser uma garota ?   Vovô Walter é meio desligado dos netos, e mal sabe o nome deles, e é fofo como ele começa a gostar de Calpúrnia.

No começo é meio maçante, e parado, e acabei achando que o livro seria ruim. Mas resolvi que leria mais um pouco, e sem ver comecei a gostar da estória, e quando fui perceber já estava na metade do livro. Pela sinopse parece que não tem muita coisa pra acontecer, mas os fatos vão sendo revelados durante o livro, e narrados em primeira pessoa pela Calpúrnia, o que pode fazer-nos achar que será um livro infantil, pelo fato dela ter 11 anos, mas não vi nenhum problema nisso, e muitas vezes ri dela. 
 Cada capítulo é iniciado com alguma frase do livro de Darwin, A Origem das Espécies, que é o que move todo e enredo. 
  É sem dúvida um livro muito gostoso de ler, que além de tudo, nos mostra um pouco da realidade do século XVIII. Só o que me incomodou um pouco foi o fato da autora ter abordado a  virada de 1899 pra 1900 como a virada do século, já que o século XX começou em 1901. Mas não chegou a me atrapalhar a leitura, e recomendo o livro a todas as idades, muito bom.

36 comentários:

  1. Engraçado, acabei de ver outra resenha positiva desse mesmo livro em outro blog. Como disse lá, repito aqui: Me parece ser um livro bonitinho, que nos mostra um pouco de como eram as coisas antigamente sob os olhos de uma menina de onze anos. Amo essa capa, e ela deve ser ainda mais bonita pessoalmente.

    Beijos ♡♥

    Participe do sorteio que tá rolando no blog! Sorteio! Livro + Marcadores

    Meu jardim Secreto
    Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é muito bonita mesmo, assim como a estória Polly.♥

      Excluir
  2. Eu li esse livro há uns anos e também gostei bastante, é bem fofinho. E eu adoro livros/novelas/filmes de época, são meus favoritos *--*
    Adorei o post, bjoos :*

    http://cold-vanessa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca ouvi falar, nunca desisto de um livro porque o começo é chato, as vezes muda né? ahushau... Vou colocar na minha lista, amo estórias que se passam no passado *---*
    fashionemcores.com

    ResponderExcluir
  4. Aiii Laura fico tão feliz por você ter gostado! O livro é super fofo, né? Como você disse, o fato de ele ser narrado por uma garota de 11 anos não significa que será ruim, muito pelo contrário, esse livro é muito bom! Estou radiante por você ter seguido uma indicação minha! hahaha <3 <3 Amei a resenha!! Beijos e tenha uma ótima sexta! :D
    http://maluquice-de-garota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece ser super legal esse livro! A história parece ser bem leve e tranquila, talvez eu leia :3

    ~September Rains

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leve e tranquila mesmo flor, muito gostosa de ler.♥

      Excluir
  6. A capa é bem fofa. Talvez essa coisa de falar que 1900 foi a virada do século foi algo que aconteceu naquela época. Bjus!

    ResponderExcluir
  7. gostei da resenha do livro a menina tinha 7 irmão rsrsr deve ser muito bom pela resenha que você fez eu gostei.
    flor tem post novo, poderia ver?
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 6 irmãos, 7 com ela. Muitos irmãos néh !?

      Excluir
  8. Deve ser fofinho esse livro! Achei legal pelo fato de uma garota de 11 anos narrar, e o contexto não ser clichê. Quero ler <3

    Beijos!
    Senhorita Imperfeita

    ResponderExcluir
  9. Estou ouvindo muitoooo falar nesse livro, tá todo mundo comentando! HAHAHA. Amei a sinopse, realmente parece ser incrível! <33
    Bisous,
    Blog Pequeno Muffin | Lara Reis
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que autora incrível, primeiro livro e já tanta sucesso!
    De cara o nome da personagem pareceu esquisito, mas quem sabe nos EUA os nomes sejam assim tão diferentes, né?Meta 2015: Ler esse livro.Muito fofa a capa.
    História envolvente e me identifiquei:nasci no primeiro ano do século rs'

    Beijos,
    sorrysos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Calpúrnia não é um nome muito normal por aqui néh.♥

      Excluir
  11. Não conhecia o livro ainda, acredita?! Adorei sua resenha, muito completa, parabéns!
    Vou por na listinha de futuras leituras!
    Beijos
    www.heyealaysa.com

    ResponderExcluir
  12. Cara '-' Sorte sua ter lido esse livro. Parece interessante! Sua resenha me diz que você tem chance de ser escritora de resenhas !!! SHOW!!!
    || Doce Bunny ||

    ResponderExcluir
  13. Muito legal a dica. Não conhecia o livro e fiquei curiosa!

    bjs Má
    www.2betrend.com.br

    ResponderExcluir
  14. Como eu quero esse livro! Meu encantei com a sinopse, a estória do jeitinho que eu gosto :)
    ♥ Amo suas resenhas ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga lê-lo Amélia. Own, fofa, que bom que gosta das minhas resenhas.♥

      Excluir
  15. Oi flor,
    Adorei a resenha. Ainda não conhecia esse livro. E, pela sua resenha deve ser muuuito bom mesmo. Ficou incrível o post.
    Beijos,
    www.blogdavivinh.com.br

    ResponderExcluir
  16. Muito legal a resenha. Que bom que o livro ficou bom depois :)
    Boa semana :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  17. Não é o gênero que costumo ler. Mas adoro livros que falam sobre às épocas antigas e tal! Acho que eu leria sim. Pela resenha me pareceu ser bom. Já estou seguindo. Se puder retribuir, ficarei grata! Espero seu comentário lá no blog.

    Beijos,
    http://www.e-xagerada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. A capa é muito bonita, mas não sei se faz meu tipo de livro, talvez eu dê uma chance a ele, já que você gostou tanto, deve ser muito bom <3
    Adorei a resenha.
    Beijos,
    cabanadosanjos.blogspot.com

    ResponderExcluir