20/02/2014

Adeus menina...


                  

 Crescer. É um processo que vem a todos, não importa se você esteja preparado ou não. E quando não se está preparado você acaba percebendo tarde demais que a menina tem que ir embora.
 Não é uma coisa que acontece de uma vez, é um processo lento, mas, para quem consegue ser ainda mais lento as coisas parecem acontecer antes do tempo, e você se vê obrigado a ir mudar suas atitudes aos poucos.
 Aquela menina tímida que grudava na mãe quando alguém vinha conversar com ela, aquela menina que virara a cara para os conhecidos para não precisar falar oi (ok, ela ainda é assim, ela ainda faz isso de vez em quando), não pode existir mais.
  A menina quase sempre vai embora naturalmente, aos poucos. Mas, algumas querem expulsar a menina cedo demais, e acabam fazendo tudo adiantado e se arrependendo mais tarde. Já outros não querem se afastar dela, e a menina também não quer ser afastada, então chega um momento em que é preciso empurrar aos poucos, até que ela esteja longe o suficiente para que sua vida não esteja mais em torno dela.
 É chegada a hora. É preciso dizer adeus à menina. Ela luta para que isso não aconteça, mas o mundo obriga todas a fazerem isso quando vê que elas estão lentas demais. Então, em movimentos leves e às vezes imperceptíveis a menina vai se afastando.
 Chegará um dia em que não depender-se-á dela mais, e a vida girará em torno do mundo adulto.
 A criança pode até ir embora, mas a essência de menina irá permanecer para sempre.

28 comentários:

  1. Laura, amei a última frase do texto! Sinto falta da minha menina ás vezes... queria poder voltar no tempo :C

    Beijão,
    Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É como você disse, a menina vira mulher, mas a mulher nunca deixa de ser menina! Eu acho!
    Ótimo post!
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    Tá rolando sorteio no blog de 1 COLônia Jequiti + 10 mimos, corre lá! *-*

    ResponderExcluir
  3. Também é mau quando se é muito extrovertida e inocente em menina e quando cresce fica-se muito introvertida e desconfiada. :/
    Muito sentimental esse texto, acho que qualquer rapariga se pode identificar nele. Adorei!
    Beijos.
    http://passarosnooutono.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Nossa o texto é lindo, me identifiquei muito!

    Já estou seguindo seu blog amei! Se puder depois visita o meu também!

    Bjinho
    carol
    http://www.falandotudoeumpoucomais.com/

    ResponderExcluir
  5. texto lindo! também me identifiquei muito. A minha menina insiste em ficar, e eu estou lutando pra empurra-la ! =(

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. que texto lindo, me vi em algumas frases hahaa

    Bjuuu
    umabonecamasnaodeporcelana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee *-* Que texto lindo Laura :´) Com certeza, sempre chega a hora da criança ir embora, mas a essência de menina deve permanecer para sempre. A minha menina permanece intacta em minha alma e coração. Amei o blog. Estou seguindo o blog e o twitter *w* Beijinhos *-*

    "Então, ame os seus amigos e as pessoas que estarão com você em todos os momentos da sua vida".
    Novo post no blog, corra lá e confira!!

    http://sonhos-perdiidos.blogspot.com.br/2014/02/nao-importa-quantidade-e-sim-qualidade.html#.UwKP8_ldXoo

    ResponderExcluir
  8. Que lindo o texto!!! Me identifiquei!
    Beijinhos, Isa.

    Heart of Sunday
    Facebook

    ResponderExcluir
  9. Que lindo, me identifiquei bastante também :/

    http://tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/
    Instagram - @samaralima_03

    Beijos ♥♥

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto! E é a mais pura verdade. As pessoas vivem me chamando de infantil algumas vezes e etc., mas eu não ligo, afinal o meu lado criança sempre vai existir e eu adoro isso!

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  11. Adorei o texto!
    Super me identifiquei!
    Parabéns, você se expressa muito bem!
    Beijos
    Quarta Estação

    ResponderExcluir
  12. li e achei que você ia largar o blog, já ia te bater já UHAHAHAUH

    Beijos! http://sugar-dance.org/blog

    ResponderExcluir
  13. E você como sempre me surpreendendo. Confesso que não me identifiquei tanto com o texto, mas a última frase mexeu comigo. ):

    >> Visite nosso site!
    - xoxo –

    ResponderExcluir