29/07/2013

A chama

 Mesmo na hora mais escura da noite o fogo não se apagava. Queimava seus dedos e braços, queimava seu rosto e seu coração, seu sofrimento sem fim.
 Em algumas horas, jurava poder sentir cinzas entre seus dedos. Mas não nessa. Nessa tudo o que ele podia fazer era continuar como se não estivesse queimando por dentro. 
 Lavou o rosto. Quando o fogo havia começado, ele pensou que água poderia apagar. Um dos maiores enganos da sua vida. Aquela não era uma simples chama. Havia procurado médicos, psiquiatras e santos, e nenhum conseguiu cura-lo. Tentava apagar seu sofrimento com terapias, orações e remédios, e nenhum funcionou.
 Ninguém via seu fogo, nem mesmo ele, mas sabia que estava lá. Sentia as labaredas escarlates beijando-o mais e mais. Quando pensava que não havia mais o que queimar, lá estavam elas de novo.
 Só restava esperar. Acostumar-se com as queimaduras, acostumar-se com a dor e as cinzas. Porque mesmo na hora mais escura, o fogo ainda estava lá, rubro e infinito, uma amostra grátis do inferno.

13 comentários:

  1. nossa, profundo :o momento filosófica! haha
    cantinhodameninacrista.tk

    ResponderExcluir
  2. Poxa, gostei do texto *-*
    http://perfeitateen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sinistro... mas tipo sinistramente lindo. Se é que isso faz algum sentido :o
    http://sorriso-espontaneo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que texto profundo, hein. Gostei muito. Bjus!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que texto *0*
    Eu amei!!
    Um super beijo e uma abençoada semana!!

    http://www.delicadinhah.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Awnnnnnn, nunca vi um texto seu por aqui, PC.. :3 Adorei, perfeito, bem profundo u3u

    Beijos,

    Juu-Chan do Nescau com Nutella.

    ResponderExcluir
  7. Lindo o texto, meu triste, as vezes me sinto queimando tbm >.<
    fashion em cores

    ResponderExcluir
  8. PAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULAPAULA texto divôncio, parece com a historia do Jeff the killer <3

    ResponderExcluir
  9. Seguindo aqui, adorei seu blog. Se puder retribuir a visita. *u* Obrigaada,beijo.
    http://dreamysongsds.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Ótimo texto, gostei mesmo!
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. OOOOOWN flor! to SEM PALAVRAS pra o seu comentário no meu post, é tãão bom saber que ajudo =DDD de vdd, tanto nos conselhos sobre posts tristes, quanto em tudo.. fico muuuito feliz mesmo! e que boom que agora te ajudei em PP =DD adoro criação tbm, já trabalhei com isso.. mas faz quase 3 anos que to na área de Planejamento, é puxada... tudo é, mas um depende do outro.. e nem todo ramo de publicidade precisa ser comunicativo, todo mundo tem seu jeito e vai se comunicando conforme a necessidade e os trabalhos, então não se sinta deslocada qdo vc ler que publicitário tem que ser comunicativo kkkkkk geralmente atendimento e mídia precisam mais de ter essa característica.. Gastronomia tbm é muito bacana *---* quando eu era mais nova pensei em fazer algum curso de gastronomia, mas o tempo passou e fui deixando de lado kkkk te aconselho que pesquise muuuito sobre várias áreas antes da decisão final! e qualquer duvida sobre PP pode me perguntar ;)

    Sobre seu post, arrepiei, você escreve muito bem Paula! fiquei curiosa pra saber qual é a chama, me diz que essa história vai continuar? *---* me intrigou, amei o jeito que escreve, você sabe prender a atenção do leitor, seduzir..

    Beijokas meninas, e boa semana! :)

    ResponderExcluir
  12. Adoreeeeei a frase de impacto do final. Muito bem colocada, escrita e com palavras de efeito. Gostei muito.

    Xx

    Apofenias Aleatórias

    ResponderExcluir
  13. Deu medo desse texto! HAUSHAUH'
    Imagina estar de certa forma queimando desesperadamente, mas não tem nem como socorrer já que ninguém poderia ajuda-la o_o

    Sweet Teen

    ResponderExcluir